O que é Psicoterapia Comportamental Cognitiva?

A terapia cognitivo-comportamental se fundamenta em quatro premissas. Em primeiro lugar, as pessoas interpretam os eventos em vez de ver o que realmente acontece com elas. Em segundo lugar, os pensamentos, sentimentos e comportamentos são todos interligados, entrelaçados e inter-relacionados. Em terceiro lugar, para que a terapia tenha sucesso, é preciso esclarecer e, em seguida, mudar o modo como as pessoas pensam sobre si mesmas e sobre os outros. Em quarto lugar, a terapia deve ter como objetivo alterar tanto as crenças quanto os comportamentos, já que os benefícios e os efeitos são maiores se essas duas frentes forem atacadas ao mesmo tempo.

Na cognitivo-comportamental trabalhamos com muitas técnicas que são acompanhadas por material psicoeducativo, formulários, protocolos, aplicativos e são ensinadas técnicas para que os pacientes sejam encorajados a se auto monitorar e perceber com eles de fato pensam, reagem a si mesmos, aos outros e ao mundo.

O foco nas cognições e na modificação de vieses e distorções para transformá-las em crenças mais realistas e positivas. O objetivo é combater pensamentos automáticos e irracionais que muitas vezes levam à depressão, ansiedade, mudança de humor, etc. 

O método tem mostrado eficácia com pessoas que sofrem de ansiedade, transtorno obsessivo-compulsivo, ataques de pânico, etc… e os médicos psiquiatras indicam essa terapia.